Skip nav

Bolsas de Formação Avançada

Concurso para atribuição de Bolsas Individuais de Doutoramento, Doutoramento em Empresas e Pós-Doutoramento - 2014

Em destaque

14.07.2015- Resultados do Concurso de Bolsas Individuais 2014, após Audiência Prévia
Foram recomendadas para financiamento 935 bolsas, distribuídas da seguinte forma:

  • 435 Bolsas de Doutoramento
  • 16 Bolsas de Doutoramento em Empresas
  • 484 Bolsas de Pós-Doutoramento

Em Audiência Prévia foram aprovadas 52 bolsas: 32 Bolsas de Doutoramento; 1 Bolsa de Doutoramento em Empresas e 19 Bolsas de Pós-Doutoramento. 


1078 Bolsas de Doutoramento aprovadas em 2014: 451 no concurso de Bolsas Individuais + 627 bolsas aprovadas nos Programas de Doutoramento FCT.

Comparação com 2013 (inclui Bolsas Individuais e Programas de Doutoramento FCT):

  • Aumento de 186 Bolsas de Doutoramento (incluindo Doutoramento em empresas)
  • Redução de 12 Bolsas de Pós-Doutoramento

24.11.14 - Disponível informação sobre os sub-critérios de avaliação.

Visão Geral e Objetivos

Documentos do Concurso

Datas importantes:

  • Data limite para candidaturas: 30 setembro 2014

O concurso de bolsas individuais visa apoiar os melhores investigadores que pretendam desenvolver projetos de I&D para obtenção do grau de Doutoramento, em qualquer área do conhecimento, ou que pretendam prosseguir investigação pós-doutoral de ponta, em unidades de investigação nacionais ou estrangeiras.

Bolsas de Pós-Doutoramento (BPD) - Destinam-se a investigadores doutorados. A duração máxima da bolsa é de seis anos, mediante parecer favorável na avaliação intermédia (feita no fim do primeiro triénio) e disponibilidade orçamental.

Bolsas de Doutoramento (BD) - Destinam-se a licenciados ou mestres que pretendam ingressar num ciclo de estudos conducentes à obtenção do grau académico de doutor. A duração máxima da bolsa é de quatro anos, não podendo ser concedida por períodos inferiores a três meses consecutivos.

Bolsas de Doutoramento em Empresas (BDE) - Destinam-se ao desenvolvimento de trabalhos de investigação em ambiente empresarial, a licenciados ou mestres que pretendam ingressar em ciclo de estudos conducentes à obtenção do grau académico de doutor. A duração máxima da bolsa é também de quatro anos, não podendo ser inferiores a três meses consecutivos.

Destinatários e Elegibilidade

Podem candidatar-se cidadãos nacionais, de outros estados membros da União Europeia ou de estados terceiros, residentes em Portugal ou de países com os quais Portugal tenha celebrado acordos de reciprocidade.

Para concorrer a Bolsas de Doutoramento e Bolsas de Doutoramento em Empresas é ainda necessário:

  • Ter concluído até 31 de dezembro 2014 uma licenciatura pré-Bolonha ou mestrado pré- ou pós-Bolonha;
  • Ter média de licenciatura igual ou superior a 14 ou, tendo média inferior a 14, ser autor de um trabalho original, com arbitragem por pares, já publicado ou aceite para publicação até ao termo das candidaturas, ou possuir um indicador de realização equivalente;
  • Não ter sido selecionados para atribuição de bolsa em qualquer dos Programas de Doutoramento FCT.

Para concorrer a uma bolsa de Pós-Doutoramento é necessário também:

  • Ter concluído o doutoramento até 31 de dezembro de 2014;
  • Ser autor de uma publicação com arbitragem por pares, já publicado ou aceite para publicação até ao termo das candidaturas, ou possuir um indicador de realização equivalente;
  • Ter pelo menos um indicador de produtividade científica por cada três anos após o grau de doutor.

Financiamento

Os candidatos selecionados recebem subsídios de manutenção mensal de acordo com os valores fixados no Regulamento, e quando aplicável, outros complementos de bolsa, tais como, propinas, subsídios de instalação, viagem e seguro de saúde.

As bolsas atribuídas neste concurso serão financiadas por verbas do Orçamento de Estado do Ministério da Educação e Ciência e quando elegíveis, por verbas do Fundo Social Europeu, ao abrigo do novo Quadro Estratégico Comum (2014-2020).

Como concorrer

O concurso está aberto para submissão de candidaturas entre 31 de Julho e as 17 horas (hora de Lisboa) de 30 de Setembro de 2014.

As candidaturas individuais devem ser submetidas eletronicamente, utilizando o formulário disponível no portal de concursos a bolsas. Cada candidato poderá apresentar apenas uma única candidatura.

Antes da submissão de candidatura recomenda-se a leitura dos seguintes documentos: Aviso de Abertura, Guião de candidatura, Guião de Avaliação e Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT.

Avaliação

A avaliação das candidaturas é realizada por painéis de avaliação constituídos com base na adaptação da classificação FOS do Manual Frascati. As candidaturas são pontuadas de 1 (mínimo) a 5 (máximo) em dois critérios de avaliação: mérito do candidato e mérito e exequibilidade do programa de trabalhos. Cada critério de avaliação tem a ponderação de 50%. Os candidatos serão ordenados de acordo com a média ponderada de classificação nos dois critérios.

Nenhuma informação contida nesta página substitui ou se sobrepõe ao estipulado no Regulamento e no Aviso de Abertura do Concurso.