Skip nav

UMIC

Instituições de I&D

R&D Consortia
Programa Mobilizador dos Laboratórios do Estado

A Resolução do Conselho de Ministros n.º 124/2006, de 3 de Outubro, sobre a reforma dos Laboratórios do Estado prevê a criação de Consórcios de Investigação e Desenvolvimento entre instituições científicas, públicas ou privadas, e instituições de ensino superior. A criação destes Consórcios de Investigação e Desenvolvimento (I&D) envolve o apoio competitivo ao desenvolvimento de núcleos e redes de I&D, o seu envolvimento em parcerias nacionais e internacionais e a mobilização das suas capacidades de I&D.

A criação de consórcios de I&D é um dos novos instrumentos de modernização e reforma do sistema científico e tecnológico nacional, contribuindo para a reforma dos Laboratórios do Estado, reforçando a sua cooperação com Laboratórios Associados, outras unidades de I&D aprovadas nas avaliações internacionais promovidas pela FCT, instituições do ensino superior, e outras entidades, públicas e privadas, nacionais ou estrangeiras, designadamente com empresas. Os consórcios devem permitir a formação de massas críticas eficientes, nas condições de flexibilidade e adaptabilidade necessárias, permitindo valorizar sinergias de meios humanos e materiais e de disciplinas diversas para objectivos programáticos de interesse público.

A criação e operacionalização de consórcios de I&D, integrada no Programa Mobilizador dos Laboratórios do Estado, visa o apoio competitivo ao arranque e desenvolvimento de núcleos e redes de I&D, o seu envolvimento em parcerias nacionais e internacionais e a mobilização das suas capacidades de I&D. O presente programa visa a excelência tal como for medida num processo de avaliação internacional de pares. Não há requisitos de cidadania ou de língua, mas a investigação tem de ser principalmente conduzida em instituições portuguesas.