Skip nav

Competências Digitais

Vivemos a era digital. A tecnologia digital é parte integrante de cada aspeto da vida dos cidadãos, aos mais diversos níveis: público, profissional e privado.

Aproveitar ao máximo o potencial da tecnologia digital e acompanhar os novos e constantes desenvolvimentos na área das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) exige a aquisição de novas competências e a aprendizagem ao longo da vida.

As competências digitais são, por isso, um conceito em expansão e que inevitavelmente acompanha a evolução da tecnologia. Podem definir-se numa variedade de aptidões e conhecimento com um vasto âmbito de aplicações. Identificam-se competências digitais (1) pela capacidade em utilizar as tecnologias digitais, (2) pela capacidade em utilizá-las de uma forma concreta para trabalhar, estudar e para as várias atividades que compõem a vida quotidiana, (3) pela capacidade em avaliar criticamente as tecnologias digitais e (4) pela motivação em participar na cultura digital.

Reconhece-se que o uso das TIC condiciona atualmente o grau de competitividade da indústria e dos serviços. A nova realidade económica exige às empresas o investimento inteligente que lhes permita o crescimento sustentável dos seus negócios.

Conclui-se assim que as competências digitais permitem criar melhores condições societais nos horizontes da inovação, do crescimento e da criatividade da força de trabalho. O Quadro Europeu de Competências Digitais distingue 5 níveis de competências digitais, os quais podem ser adaptados e personalizados de acordo com os contextos de aplicação das TIC.

Para promover a importância da tecnologia e a sua aplicabilidade na vida profissional e colmatar a falta de profissionais especializados em TIC, a Comissão Europeia criou a Grand Coalition for Digital Jobs, Paralelamente, a nível nacional, a Coligação Portuguesa para a Empregabilidade Digital, sob a coordenação da FCT , desenvolve as iniciativas e os mecanismos para operacionalizar o programa.

A Campanha eSkills for jobs é uma iniciativa promovida pela Grand Coalition for Digital Jobs, que pretende sensibilizar os cidadãos para as oportunidades de emprego oferecidas pelas TIC. A coordenação nacional desta iniciativa é igualmente uma responsabilidade da FCT.