Skip nav

Diagnóstico do Sistema Nacional de Investigação e Inovação

O Diagnóstico do Sistema Nacional de Investigação e Inovação apresenta uma análise aprofundada da evolução do Sistema Nacional de Investigação e Inovação (SI&I). Incide, em particular, nas dinâmicas observadas nas vertentes de produção e exploração do conhecimento de base científica ou tecnológica.

O estudo destas dinâmicas iniciou-se pela caracterização estrutural do sistema, com a identificação da tipologia de atores bem como das principais interações entre os mesmos.
O contexto socioeconómico do SI&I é também analisado para identificação de aspetos críticos para a compreensão do seuperfil e desempenho.

Portugal é comparado, ao longo de todo o relatório e nas várias dimensões em análise, com um grupo de 10 países – Áustria, Bélgica, Espanha, Finlândia, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Noruega e a República Checa –, selecionados para esse efeito. Quando  aplicável, é também feito uma comparação com a média da União Europeia.

O diagnóstico identifica e analisa ainda as forças e fraquezas internas do sistema nacional de I&I, bem como os riscos e oportunidades exteriores ao mesmo que o podem condicionar (análise SWOT).

O diagnóstico, e respetiva análise SWOT, foi elaborado por um Grupo de Trabalho interdepartamental da FCT, com coordenação técnica do Gabinete de Estudos e Estratégia da FCT e com apoio da Secretaria de Estado da Ciência. Foram estabelecidas pontes de diálogo com as Regiões Autónomas, Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional, com analistas de inovação e outros ministérios com eventual interesse na Estratégia.

O diagnóstico foi submetido como Análise SWOT do Sistema de I&I de Portugal no âmbito do Acordo de Parceria entre Portugal e a União Europeia e constitui um importante alicerce da Estratégia Nacional de Investigação e Inovação para uma Especialização Inteligente (ENEI).

Apresentação Pública do 'DIAGNÓSTICO DO SISTEMA DE INVESTIGAÇÃO E INOVAÇÃO: DESAFIOS, FORÇAS E FRAQUEZAS RUMO A 2020'
13 MAIO 2013, FUNDAÇÃO CHAMPALIMAUD, LISBOA
Nesta conferência foi apresentado e debatido o relatório SWOT do Sistema Nacional de Investigação e Inovação. Pretendeu-se, assim, reunir a comunidade científica nas várias vertentes (universidades, institutos de investigação, laboratórios, empresas, assim como organizações nacionais e regionais responsáveis pela elaboração e implementação de políticas de I&D) de forma a discutir a elaboração de uma Estratégia Nacional de Investigação e Inovação para uma Especialização Inteligente para o próximo período de programação financeira 2014-2020.

Workshop 'O SISTEMA NACIONAL DE INVESTIGAÇÃO E INOVAÇÃO: DESAFIOS, FORÇAS E FRAQUEZAS RUMO A 2020'
DEZEMBRO 2012, TEATRO THALIA, LISBOA
Como primeiro passo para uma ação coordenada a nível nacional e para preparação do relatório de análise SWOT, a FCT organizou um workshop designado “O Sistema Nacional de Investigação e Inovação: Desafios, forças e fraquezas rumo a 2020”, em dezembro de 2012, em Lisboa. O workshop contou com a participação de investigadores que têm contribuído para a análise das políticas e do sistema de investigação e inovação em Portugal, e ainda de representantes das regiões do país. Foram discutidas as características dos sistemas a nível nacional e regional, incluindo os recursos humanos, infraestruturais e financeiros, bem como a produção científica e tecnológica, a circulação do conhecimento produzido e a sua exploração pelo sistema produtivo.

Nota: A versão impressa do relatório contém uma errata para a legenda da Tabela II.6 (pag. 93), referente ao conjunto de empresas nacionais com bom posicionamento no contexto das empresas que mais investem em I&D a nível europeu e nacional. Onde se lê "Empresas portuguesas com maior investimento em I&D 103 euros" deve ler-se "Empresas portuguesas com maior investimento e I&D 106 euros". Este erro foi corrigido na versão que está disponível online.