Skip nav

Sobre a FCT

Principais linhas de ação

Financiamento à ciência

A evolução do financiamento efetivamente atribuído pela FCT a cada área de intervenção no período 2010 a 2015 está disponível em gráfico.

Gráfico: Orçamento e Execução FCT 2010-2015

De 2010 para 2011 a FCT sofreu uma quebra na sua execução. Esta quebra foi absorvida maioritariamente pelos Projetos e pelas Unidades de I&D. Uma prioridade desde 2012 foi recuperar essa quebra, e contribuir para atenuar a situação séria de falta de liquidez sentida pelas entidades que gerem os projetos financiados pela FCT. Efetivamente, foi aumentado o investimento em projetos e Unidades desde 2011, contribuindo também para um melhor equilíbrio de financiamento entre áreas de atividade da FCT.

Projetos de investigação

A FCT lança regularmente concursos de projetos de I&D em todos os domínios científicos, para além de concursos em áreas científicas específicas.
Há cerca de 4 000 projetos em curso, correspondendo a 500 M€ de financiamento concedido e a um investimento de cerca de 90 M€/ano (período 2010-2015).

Formação avançada

A FCT apoia cerca de 9 000 bolseiros, de doutoramento, de pós-doutoramento e outros tipos de bolsa, num investimento de cerca de 150 M€/ano (período 2010-2015).

Emprego Científico

O Programa Investigador FCT irá recrutar 1000 novos doutorados de topo até 2016. Até à data foram selecionados 597 Investigadores FCT em três edições do programa.
O investimento em emprego científico (Programa Investigador FCT, Programa Ciência e Programa Welcome II) é de cerca de 45 M€/ano (período 2010-2015).

Instituições de investigação

O financiamento a Unidades de I&D e Laboratórios Associados é de 60 M€/ano (período 2010-2015).

Atualmente, a FCT financia diretamente 257 Unidades de I&D, reunindo perto de 14 000 investigadores doutorados, num investimento previsto de 77 M€/ano, para o período 2015-2020). Nestes Unidades de I&D estão incluídas 11 classificadas como Excepcionais e 60 classificadas como Excelentes, na última avaliação internacional por pares.

Cooperação Internacional

A FCT assegura as parcerias internacionais com os EUA, a participação da comunidade científica nacional em programas de investigação bilaterais e multilaterais, e as contribuições para organizações científicas internacionais (como o CERN, a ESA, a EMBO), num investimento de cerca de 50M€/ano (período 2010-2015).

Sociedade da Informação

A FCT promove a inclusão em TIC, a criação e a transferência de conhecimento e tecnologias emergentes, o reforço das e-Infraestruturas e a internacionalização do setor, com um investimento de cerca de 600 mil€/ano (de 2012 a 2015, desde que estas atribuições passaram da UMIC para a FCT).

B-on e Rede Ciência, Tecnologia e Sociedade

Num investimento de cerca de 15M€/ano (período de 2012 a 2015) a FCT apoia o financiamento da Biblioteca do Conhecimento Online (b-on), e o planeamento, gestão e operação da Rede Ciência, Tecnologia e Sociedade (RCTS), uma rede de alto desempenho para instituições com maiores requisitos de comunicações, nomeadamente as instituições do sistema científico nacional.

Outros apoios - à Comunidade Científica e à Cultura Científica

O FACC - Fundo de Apoio à Comunidade Científica e apoios à Cultura Científica não são descurados, com um investimento de cerca de 1.8 M€/ano (período 2010-2015).

(Última atualização: fevereiro 2016)