Saltar navegação

News

29-11-2017

Eight ERC Consolidator Grants for researchers in Portugal

(Only available in Portuguese)

Bolsas ERC

O Conselho Europeu de Investigação (European Research Council - ERC) atribuiu oito Consolidator Grants a investigadores que desenvolvem investigação nas Unidades FCT. Foi este o resultado para Portugal na edição de 2017 do concurso a estas prestigiadas bolsas da União Europeia, direcionadas a investigadores que tenham entre 7 a 12 anos de experiência pós-Doutoramento. As oito bolsas correspondem a um total de 16.208,28M€, que se traduz num investimento financeiro significativo na investigação portuguesa.

Os investigadores e projetos contemplados com as referidas bolsas são:

Manuela Gomes, do 3Bs da Universidade do Minho, com o projeto MagTendon, centrado nas tecnologias de engenharia de tecidos assistida magneticamente para a regeneração de tendões;

Mariana Pinho, do Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier (ITQB) da Universidade NOVA de Lisboa, que candidatou o projeto ChronosAntibiotics, que pretende compreender o ciclo celular de bactérias resistentes aos antibióticos e encontrar ferramentas para combater essa resistência;

Luísa Figueiredo, do Instituto de Medicina Molecular (iMM) da Universidade de Lisboa, que pretende investigar com projeto FatTryp os tripanossomas africanos e as implicações deste parasita no desenvolvimento da tripanossomíase humana;

Joseph Paton, investigador da Fundação Champalimaud, que submeteu o projeto Dycocirc, cujo objetivo é estudar o circuito de mecanismos dos gânglios basais subjacentes ao comportamento cognitivo dinâmico;

Susana Lima, da Fundação Champalimaud, irá desenvolver o projeto YinYang, em que investigará a relação entre os circuitos do hipotálamo e o comportamento defensivo e reprodutor em fêmeas;

Michael Orger, da Fundação Champalimaud, que no projeto Neurofish irá observar os circuitos cerebrais que controlam o comportamento visual e motor;

Luís Teixeira, do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), que pretende concretizar o projeto Wolbakian, que envolve o estudo da genética funcional da proliferação da bactéria Wolbachia;

Ana Domingos, do Instituto Gulbenkian de Ciência, que estuda os mecanismos simpáticos e imunológicos na origem da obesidade no seu projeto SympatimmunObesity

Neste concurso de atribuição de Consolidator Grants, o ERC distinguiu 329 projetos de entre 2.538 candidaturas recebidas, o que equivaleu a um total de €600 milhões de euros de financiamento para a investigação científica na Europa.

Estas bolsas ERC para a investigação portuguesa vêm juntar-se aos resultados do concurso deste ano das Starting Grants, bolsas para investigadores com 2 a 7 anos de experiência pós-Doutoramento, que foram conhecidos em setembro, com atribuição de outras oito bolsas a investigadores a desenvolver projetos em Portugal. Até ao final do ano, serão ainda conhecidos os resultados do concurso do ERC das Advanced Grants, dirigidas a investigadores seniores, internacionalmente estabelecidos na sua área de investigação.

News archive ›