Skip nav

T-AP

Cooperação Internacional


Plataforma Transatlântica para as Ciências Sociais e as Humanidades (T-AP)


A Plataforma Transatlântica para as Ciências Sociais e as Humanidades (T-AP) é um projeto financiado pelo 7º Programa-Quadro (2013-2016). A T-AP é uma parceria de 14 agências de investigação de vários Estados-Membros da União Europeia, do Brasil, da Argentina, do Chile e do Canadá, coordenada pela Nederlandse Organisatie Voor Wetenschappelijk Onderzoek (NWO), dos Países Baixos.

As principais instituições de apoio à investigação na Europa e nas Américas decidiram juntar esforços para construírem uma Plataforma Transatlântica (T-AP) que pudesse criar e estabelecer um compromisso multilateral efetivo e estruturado entre as agências de financiamento dos dois lados do Atlântico. A T-AP resulta assim de um esforço colaborativo a um nível até aqui inédito por parte das principais instituições de financiamento das Ciências Sociais e das Humanidades. Esta plataforma visa quebrar barreiras de forma a promover a cooperação entre agências de financiamento, assim como ampliar a compreensão do contributo das Ciências Sociais e das Humanidades num contexto global. O propósito geral da T-AP é o de desenvolver as condições para uma maior colaboração, tanto ao nível das agências de financiamento como dos investigadores entre a Europa e as Américas nos domínios das Ciências Sociais e das Humanidades.

Os principais objetivos da Plataforma Transatlântica para as Ciências Sociais e as Humanidade são: incrementar a cooperação internacional entre os parceiros T-AP através de uma coordenação mais estreita das atividades; aprender e melhorar as interações em rede e expandir as cooperações já existentes; identificar oportunidades para futuras colaborações científicas; construir e apoiar uma plataforma transatlântica nos domínios científicos em questão.


Resultados e financiamento concedido

Concurso Transnacional Conjunto de 2016

  • Tópico: Digging into Data Challenge

  • Título do projeto: Digging into Early Colonial Mexico
  • Investigador português: Bruno Emanuel da Graça Martins, Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Investigação e Desenvolvimento em Lisboa (INESC-ID/INESC/IST/ULisboa)
  • Financiamento concedido pela FCT: 62,400.00€ (sessenta e dois mil e quatrocentos euros)
  • Outros investigadores: Diego Jiménez-Badillo, Museo del Templo Mayor, INAH, México; Patricia Murrieta-Flores, University of Lancaster, Reino Unido

Para mais informação sobre os projetos financiados no âmbito do CTC de 2016 Digging Into Data Challenge, lançado pela T-AP, consulte a página do concurso.


Contactos

Gonçalo Zagalo
goncalo.zagalo@fct.pt
Tel: (+351) 213 924 455

Maria Maia
maria.maia@fct.pt
Tel: (+351) 213 911 543

Sítio da T-AP

www.transatlanticplatform.com/


Esta iniciativa recebeu financiamento do 7º Programa-Quadro, ao abrigo do contrato de subvenção n° 613167.