Skip nav

Logotipo FCTLogotipo Fundação La Caixa

International Cooperation

Iberian initiatives on research and innovation

Scientific and Technological Cooperation Agreements between FCT and Fundação “la Caixa”


(English version available soon)

Destaques

20.09.2022 - Estão abertas as candidaturas ao Concurso CaixaResearch de Investigação em Saúde 2022. Prazo de submissão de propostas: até 15 de novembro 2022, às 13h00 (hora de Lisboa). Mais informações na página do concurso. (ver Notícia).

10.01.2022: a FCT e a Fundação ”la Caixa” assinaram um novo Acordo-Quadro de Colaboração que renova por mais três anos a parceria que se iniciou em 2018. Esta cooperação, que até 2020 era composta por três programas de financiamento de projetos conjuntos, é agora reforçada neste novo acordo com a integração de mais um programa, o CaixaResearch Validate.

A cooperação entre a FCT e a Fundação La Caixa, existente desde 2018, pretende ser permanente e pluridisciplinar, orientada para apoiar e estimular novas atividades de investigação e inovação e o posicionamento de Portugal na Península Ibérica e na Europa, tendo por base quatro programas de financiamento e valorização de projetos de investigação e inovação, designadamente:

Iniciativa Ibérica de Investigação e Inovação Biomédica – i4b

Apoio a projetos de investigação e desenvolvimento em biomedicina e saúde em oncologia, neurociências, doenças infeciosas, doenças cardiovasculares e metabólicas relacionadas e tecnologias facilitadoras naquelas áreas temáticas.

    • Iniciada em 2018 para o estímulo conjunto a projetos de investigação de excelência e com impacto social no âmbito da biomedicina e da saúde, ao abrigo do Programa «Health Research» da Fundação "la Caixa", designadamente em neurociências, doenças infeciosas, doenças cardiovasculares e doenças oncológicas, e em projetos transdisciplinares com ênfase em investigação translacional e clínica.
    • O programa CaixaResearch de Investigação em Saúde está focado no apoio a projetos de investigação e desenvolvimento em biomedicina e saúde e pretende identificar e impulsionar as iniciativas mais promissoras, de maior excelência científica e com mais valor potencial e impacto social, seja no campo da investigação fundamental, clínica ou translacional, em cinco áreas específicas: oncologia, neurociências, doenças infeciosas, doenças cardiovasculares e metabólicas relacionadas e tecnologias facilitadoras naquelas áreas temáticas. Até à data, este programa teve cinco concursos para projetos, decorridos entre 2018 e 2021, estando a última edição em fase de pré-seleção das propostas apresentadas prevendo-se o núncio dos projetos selecionados para o final de junho de 2022.
    • Até à data, este programa teve cinco concursos para projetos, decorridos entre 2018 e 2021, estando a última edição em fase de pré-seleção das propostas apresentadas prevendo-se o núncio dos projetos selecionados para o final de junho de 2022.
    • A i4b tem por objetivo aumentar a atividade de investigação e desenvolvimento em biomedicina e saúde desenvolvida em centros portugueses no quadro do programa CaixaResearch de Investigação em Saúde, em colaboração com centros internacionais, estimular a transferência de conhecimento para a sua aplicação na área da saúde e contribuir para o bem-estar das pessoas.
    • No âmbito da i4b e das condições estabelecidas entre as duas instituições, cabe à FCT igualar o financiamento que a Fundação “la Caixa” atribui a equipas portuguesas que liderem ou participem em projetos de investigação selecionados no âmbito dos concursos do programa CaixaResearch de Investigação em Saúde.

Iniciativa Ibérica de Investigação e Inovação Social – i4s

Apoio a projetos de investigação social baseados em dados quantitativos para compreender os desafios sociais presentes e futuros de Espanha e/ou Portugal.

    • A 17 de junho de 2020, a FCT e a Fundação “la Caixa” assinaram um acordo para a implementação da Iniciativa Ibérica de Investigação e Inovação Social, i4s. O Acordo tem por base os Concursos de Investigação Social da Fundação "la Caixa", que visam apoiar projetos de investigação social baseados em dados quantitativos que se destaquem pela sua excelência e que, através de uma abordagem original e inovadora, gerem informação robusta e sólida que permita compreender, de forma aprofundada, os desafios sociais presentes e futuros de Espanha e/ou Portugal.
    • Através desta iniciativa, a FCT e a Fundação “la Caixa” pretendem reforçar os apoios financeiros de que poderão dispor os projetos em que participem investigadores de instituições de investigação sem fins lucrativos com sede em Portugal, nomeadamente universidades e centros de investigação públicos e privados.
    • Edição de 2021: a edição de 2021 do Concurso de investigação Social, à semelhança da edição anterior, pretendia apoiar projetos de investigação social de excelência que recorressem a evidências quantitativas robustas e a uma abordagem original e inovadora para gerar informação fiável que permita compreender melhor os desafios sociais atuais e emergentes. O concurso esteve aberto entre fevereiro e maio de 2021 (fase 1) e entre maio e setembro de 2021 (fase 2), com uma dotação de 1,5 milhões de euros para 15 projetos de investigação na área social, a serem desenvolvidos em instituições de Espanha e de Portugal.
    • Foram selecionadas para financiamento 17 propostas. Das quatro propostas lideradas por instituições nacionais, duas foram financiadas pela FCT.
    • Conteúdo relacionado: "Resultados do Concurso Social Research 2021 da Fundação “la Caixa” com a FCT"
    • Edição de 2020: o Concurso de Investigação Social de 2020 da Fundação "la Caixa" foi a primeira edição alargada a Portugal. O concurso contou com um orçamento de 1,5 milhões de euros para 15 projetos de investigação na área social. Foram selecionados para financiamento 17 projetos, dois dos quais liderados por investigadores nacionais.
    • A lista completa de projetos apoiados pode ser consultada no site da Fundação "la Caixa".

Programa Promove

Apoio a projetos de I&D que contribuam para o desenvolvimento das regiões do interior e fronteiriças de Portugal.

    • O programa Promove foi criado em 2018 pela Fundação ”la Caixa” com a finalidade de estimular iniciativas inovadoras em domínios estratégicos para o desenvolvimento das regiões de fronteira do interior de Portugal, de modo a contribuir para o desenvolvimento sustentável dessas áreas.
    • Trata-se de um programa orientado para a promoção das regiões do interior de Portugal através da investigação e inovação, por via de projetos de I&D que contribuam para o desenvolvimento das regiões do interior e fronteiriças, tendo por base o conhecimento e a inovação numa perspetiva de valorização dos recursos e competências locais e de reforço dos recursos humanos qualificados.
    • O Programa Promove passou a incluir uma linha específica apoiada pela FCT através do acordo assinado a 17 de junho de 2020 entre a FCT e a Fundação “la Caixa”. Esta linha destina-se a apoiar projetos de investigação, desenvolvimento tecnológico ou inovação em quatro domínios enquadrados nas linhas estratégicas do Governo português para a valorização do Interior do país, a saber: águas termais, parques, reservas naturais e espaços naturais de relevância ambiental, estudos sobre riscos biológicos e desenvolvimento, promoção e valorização de novas culturas e produtos naturais para o mercado nacional e internacional.
    • Edição de 2020: a terceira edição do Programa Promove permitiu apoiar um total de seis ideias inovadoras, 10 projetos-piloto e três projetos de investigação e desenvolvimento (I&D) mobilizadores, estas duas últimas tipologias com o apoio da FCT. Consulte a lista dos projetos vencedores do Programa Promove de 2020.
    • Conteúdo relacionado:"Programa Promove apoia desenvolvimento das regiões do interior"
    • Edições de 2018 e 2019: foram financiados 13 projetos-piloto inovadores e sete ideias de estudantes de instituições do ensino superior localizadas nas áreas abrangidas, com um investimento total de cerca de 1,4 milhões de euros.

Programa Caixa Validate

Apoio a projetos de investigação biomédica em fase inicial (TRL 1-4).