Skip nav

Fórum Estratégico Europeu para as Infraestruturas de Investigação (ESFRI, European Strategy Forum for Research Infrastructures)

Roteiro ESFRI 2021

Documentos Importantes

  • Formulário (faça download do ficheiro para poder preencher)

Datas importantes:

  • 25 de setembro de 2019 - InfoDay sobre o Roteiro ESFRI 2021
  • 15 de junho de 2020 – NOVA data limite para envio do questionário ESFRI à delegação nacional
  • 9 de setembro de 2020 – NOVO prazo de submissão de candidaturas ao ESFRI
  • Outubro/Novembro de 2021 – Publicação do Roteiro ESFRI 2021

O Fórum Estratégico Europeu para as Infraestruturas de Investigação (ESFRI, da sigla inglesa) contribui para uma abordagem estratégica na definição de políticas das infraestruturas de investigação na Europa e facilita iniciativas multilaterais que conduzam a uma melhor utilização e desenvolvimento de infraestruturas de investigação, a nível europeu e internacional.

Em 2006, o ESFRI publicou o seu primeiro Roteiro para a construção e desenvolvimento da próxima geração de infraestruturas de investigação pan-europeias. Este Roteiro (https://www.esfri.eu/esfri-roadmap) teve atualizações em 2008, 2010, 2016 e 2018, para incluir projetos e landmarks que pretendem promover a liderança europeia.

Na sequência da publicação do Roteiro do ESFRI 2018, o ESFRI iniciou o processo para o novo Roteiro para as infraestruturas de investigação na Europa, o Roteiro 2021.

O ESFRI convida a comunidade científica a participar no processo de atualização do Roteiro, apresentando propostas que irão contribuir para a investigação de excelência na Europa. O Roteiro 2021 identificará novos projetos de infraestruturas de investigação europeia e avaliará infraestruturas de investigação (landmarks) operacionais em seis áreas temáticas (Energia, Saúde e Alimentação, Ambiente, Ciências Físicas e Engenharia, Digital, Social e Cultural Inovação).

O NOVO prazo para a submissão de candidaturas é 9 de setembro de 2020 e os detalhes do processo podem ser consultados aqui.

Como submeter uma candidatura?

Uma proposta deve demonstrar um nível de maturidade adequado, apresentando os seguintes requisitos:

  1. concluído com sucesso um estudo de viabilidade;
  2. planeado um business case;
  3. apresentar provas do apoio político pelo país líder da proposta e pelo menos dois Estados-Membros ou Países Associados adicionais, i.e. cartas de apoio político assinadas pelos ministérios nacionais responsáveis pela infraestrutura de investigação (no caso de um compromisso dos membros do EIROforum, uma resolução do Conselho);
  4. apresentar prova de compromisso financeiro do país coordenador para financeiramente contribuir para as fases de preparação e implementação (no caso de um membro do EIROforum, o compromisso financeiro deve ser explicado resolução do Conselho);
  5. apresentar prova de um acordo interinstitucional e multilateral, por ex. um memorando de Entendimento (MoU) assinado pelos parceiros principais.

Em resumo,

  1. Se é o coordenador da proposta, o apoio político e financeiro do seu país deve ser confirmado.
  2. Se é um parceiro, o apoio político do seu país deve ser confirmado. Isto é assegurado através da delegação nacional.

As propostas só podem ser submetidas ao ESFRI através das Delegações ou através do EIROFORUM. A delegada de Portugal ao ESFRI é: Marta Abrantes (marta.abrantes@fct.pt).

Para a solicitação de apoio político nacional a uma candidatura, o questionário ESFRI (disponibilizado pelo ESFRI) preenchido e o formulário sobre a participação de Portugal na candidatura de projeto ao ESFRI devem ser enviados à Delegação Nacional para PTESFRI@fct.pt até 15 de junho de 2020 (NOVA DATA). Este prazo é anterior ao prazo do ESFRI para permitir que os Delegados de Portugal ao ESFRI qualifiquem as propostas.

Notas Importantes

O nível de apoio* para um projeto ESFRI pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e/ou Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) é um dos critérios que o ESFRI utilizará na avaliação das candidaturas. De acordo com as regras de elegibilidade do ESFRI, a carta de apoio deve ser assinada pelo(s) ministério(s) nacional(is) responsável(is) pela infraestrutura de investigação. Consequentemente, os delegados de Portugal ao ESFRI não apresentarão qualquer candidatura que não reúna tal apoio.

Deve ser dada especial atenção à exigência do ESFRI de que todas as propostas devem ser apoiadas por pelo menos três Estados-Membros ou Países Associados diferentes (pelo menos um dos quais deve expressar um compromisso financeiro formal com o projeto). Para mais detalhes, por favor consulte a página do ESFRI.

A delegada de Portugal ao ESFRI não avaliará as propostas. Os delegados ao ESFRI, atuando em nome dos seus Estados-Membro, não estão em condições de influenciar a seleção dos projetos.

* Apoio da FCT/MCTES nesta fase não é uma garantia de financiamento, a partir de qualquer fonte, agora ou no futuro.

Datas Importantes

15 de junho de 2020 – NOVA data limite para envio do questionário ESFRI preenchido e o formulário sobre a participação de Portugal na candidatura de projeto ao ESFRI à Delegação de Portugal ao ESFRI

9 de setembro de 2020 – NOVO prazo de submissão de candidaturas ao ESFRI

Outubro/Novembro de 2021 – Publicação do Roteiro ESFRI 2021

Contatos

Para mais informações/dúvidas sobre o processo PT, por favor contacte a delegação nacional: PTESFRI@fct.pt.