FCT

R&D Institutions

Resultado da avaliação 2007 na área de Engenharia Civil

Unidade de I&D

Centro de Hidráulica, Recursos Hídricos e Ambiente da FEUP - CEHRA [CIVE-Norte-Porto-620] visitada em 29/11/2007

Classificação: Good

Comentários do painel de avaliação
Sobre a unidade
CEHRA dates as a unit from 2003. It consists of 10 PhD researchers in all, split equally between two research groups: Coastal & Maritime Studies and Water Resources & Fluvial Hydraulics. Both are potentially important areas of work in terms of the discipline and of emerging socio-political concerns.
The material presented by the unit suggests a reasonable level of strategic thinking; there is certainly an awareness of the external environment. Arguably each group is trying to cover a little too much and lacks the critical mass to make a truly international impact on any particular area. Objectives look to be determined fairly strongly by a sense of continuity of all existing lines of activity. Overall, there is, quite correctly, a wish to make a contribution both through research and knowledge transfer/dissemination to professional and other user audiences. As far as the panel could judge, there is no external advisory board or similar body.
Overall, research productivity in terms of international journal publication is adequate but is stronger in the coastal and maritime group.
The unit has strong industrial contacts and engagement with other non-academic users of the output of their work.
International engagement is strong and there is plenty of evidence of externally funded collaborative research with international partners.
Conference attendance and organisation is strong. Although strictly speaking falling outside the assessment period, organisation of the 2002 LITTORAL conference is a high-profile activity, but there is a continuing stream of other conference organisation activity.
The unit has good new laboratory facilities.
The PhD programme has not been especially productive historically in terms of number of completions per member of PhD staff.
Sobre os grupos de investigação
Estudos Costeiros e Marítimos (Coastal and Maritime Studies) ECoMar [RG-CIVE-Norte-Porto-620-947]
Estudos Fluviais e Recursos Hídricos (Water Resources and Fluvial Hydraulics) EFLUVIR [RG-CIVE-Norte-Porto-620-950]

Comentários da unidade

O Coordenador da Unidade não aceita a classificação atribuída e por conseguinte não aceita o valor do Financiamento Base Anual.
Os comentários apresentados pelo Painel Avaliador e tudo o que se passou durante a avaliação presencial, não fariam prever a atribuição da classificação de Bom mas sim de Muito Bom.
Desde a constituição da nova Unidade em 2003, os seus dez investigadores desenvolveram uma estratégia reconhecidamente coerente, conceberam e equiparam um novo, grande e moderno Laboratório de Hidráulica (com um investimento superior a um milhão de euros) superando as grandes e morosas dificuldades burocráticas dos Concursos Públicos), conseguiram e participaram em numerosos projectos de investigação europeus e da FCT, publicaram trabalhos científicos em revistas e em numerosos congressos internacionais de prestígio, lideraram a organização de encontros internacionais, criaram uma rede internacional de laboratórios de investigação sobre zonas costeiras (CoastLab), acolheram um grupo numeroso e dinâmico de estudantes de doutoramento e mestrado e participaram em estudos de muito interesse para a sociedade.O Grupo acolheu a opinião de diversos cientistas internacionais que convidou para visitar as suas instalações. As linhas de investigação que a Unidade desenvolve e se propõe continuar a desenvolver, além do reconhecido interesse em termos sócio-económicos e de investigação, estão alicerçadas em teses de doutoramento ou mestrado, em projectos de investigação aprovados pela FCT ou a nível internacional e têm impacte a nível internacional. Se o Painel tivesse solicitado a indicação dos orientadores das teses de doutoramento concluídas dentro da Unidade, essa indicação ter-lhe-ia sido fornecida de imediato e não seria objecto do comentário inserido na Avaliação. O Painel de Avaliação não apresenta qualquer recomendação geral nem específica para cada um dos dois Grupos que constituem a Unidade. Desconhece-se se o Painel de Avaliação recomendou algum financiamento Prgramático. O Painel não se pronuncia sobre as questões estratégicas apresentadas pela Unidade (largamente discutidas com os membros do Painel), as quais ultrapassam o âmbito da mesma e que incluem a questão da dimensão da própria Unidade. Esta questão da dimensão parece ter pesado de uma forma preponderante na classificação atribuída.