Skip nav

Programa Incentivo

O desenvolvimento do Sistema Científico e Tecnológico Nacional nas últimas duas décadas foi acompanhado por um incremento muito significativo na produção científica e no valor do financiamento que os investigadores portugueses conseguem captar em concursos competitivos – junto da FCT e de fontes externas à FCT. A procura de financiamentos alternativos aos da FCT, particularmente os Europeus, cuja obtenção é prova de competitividade internacional, mas ainda aqueles atribuídos por empresas privadas, reveste uma relevância crítica no contexto do novo Programa Quadro Europeu, Horizonte 2020.

No período 2007-2013, por cada euro captado em financiamento institucional da FCT, as instituições de I&D certificadas pela FCT, captaram, em média, €1,80 em financiamentos externos à FCT: em financiamentos obtidos no 7º Programa Quadro FP7 (entre 2007 a 2012) e através de outros contratos (entre 2007 e 2011).

Instituições de I&D certificadas pela FCT (dados relativos ao período 2007-2013)
A-Fundos não FCT B- Fundos FCT Ratio A/B
811 939 123,73 € 450 192 223,96 € 1,80
Fundos não FCT: Contratos FP7 e outros contratos (inquérito institucional)
Fundos FCT: financiamento institucional – Plurianual e Projetos Estratégico; não inclui Bolsas e Projetos

É neste contexto, que a FCT anunciou no Encontro Ciência 2012 o lançamento de um programa Incentivo, como medida de estímulo à competitividade internacional dos investigadores a trabalhar em Portugal e das instituições nacionais, em particular a que resulte na captação de financiamento internacional.

Mais informações e resultados do programa estão disponíveis nas páginas relativas ao Programa Incentivo 2013 e Programa Incentivo 2014.