1.26 - Como se diferenciam Investigadores Integrados e Investigadores Colaboradores de uma Unidade de I&D?

A equipa de investigação de uma Unidade de I&D tem de ter, em regra, pelo menos 10 Investigadores doutorados, embora o correspondente Painel de Avaliação possa entender ser justificada uma excepção à regra. Os Investigadores Integrados só podem pertencer à equipa de investigação de uma das Unidades de I&D. O Financiamento Base anual no período que se segue à avaliação será proporcional ao nº de Investigadores Doutorados Integrados na Unidade de I&D (calculado ponderando os investigadores por 1, 1/2 ou 0,2 como indicado no Regulamento), com um valor de referência unitário diferente para classificações Excelente, Muito Bom ou Bom. 

Uma Unidade de I&D pode ou não ter Investigadores Colaboradores, que podem pertencer a equipas de investigação de mais de uma Unidade de I&D, podem ser doutorados ou não, e não contam para efeitos de Financiamento Base; estes investigadores colaboram com a Unidade de I&D mas têm com ela uma relação que não é unívoca e não requer o grau de dedicação e envolvimento nas atividades da Unidade de I&D de Investigadores Integrados, mas podem ser abrangidos pela aplicação do financiamento que a FCT, I.P. atribui à Unidade de I&D, nomeadamente para missões no país ou no estrangeiro e para beneficiarem de recursos partilhados básicos para as atividades da Unidade de I&D na medida em que esta decida.