A bolsa foi-me atribuída, que documentos preciso de submeter para efectivar o contrato?

Após a comunicação dos resultados aos candidatos, é dado acesso à submissão electrónica de documentos na área individual de cada um no FCTSIG, em que o acesso é feito com os códigos atribuídos no registo. No mesmo local terá acesso aos procedimentos necessários para a referida submissão.

Os documentos a seguir solicitados, que não sejam em língua portuguesa, inglesa ou francesa, devem ser acompanhados pela respectiva tradução efectuada por entidades credenciadas.

Os documentos a enviar de acordo com o tipo de bolsa, são os seguintes:

Bolsa de Doutoramento

  • Certificados de Habilitações (Licenciatura, Mestrado ou outro grau académico que permita ser aceite para Doutoramento)
  • Declaração do(s) Orientador(es) assumindo a responsabilidade pela supervisão
  • Documento comprovativo de aceitação da(s) instituição(ões) de Acolhimento
  • Documento comprovativo de aceitação da instituição que confere o grau de Doutor
  • Esclarecimento da situação Profissional durante o período da bolsa
  • Documento de elegibilidade a apresentar pelos candidatos de nacionalidade estrangeira, de acordo com o disposto no artigo 17º do Regulamento
  • Título de Residência Permanente a apresentar pelos candidatos (nacionais ou estrangeiros) cujo programa de trabalhos seja desenvolvido em instituições estrangeiras
  • Verificação dos dados do documento de identificação (inclui a submissão de uma cópia do mesmo)
  • Número de Identificação Fiscal (NIF)

Bolsa de Pós-Doutoramento

  • Certificados de Doutoramento e outros certificados (Licenciatura ou Mestrado se for caso disso)
  • Documento comprovativo da entrega da tese à universidade que lhe confere o grau de Doutor em data anterior à submissão da candidatura, caso o candidato não possuísse o grau de doutor à data da candidatura
  • Declaração do(s) responsável(eis) pelo acompanhamento da actividade do candidato na Instituição de Acolhimento, assumindo essa responsabilidade
  • Documento comprovativo de aceitação da(s) instituição(ões) de Acolhimento
  • Esclarecimento da situação Profissional durante o período da bolsa
  • Título de Residência Permanente a apresentar pelos candidatos (nacionais ou estrangeiros) cujo programa de trabalhos seja desenvolvido em instituições estrangeiras
  • Verificação dos dados do documento de identificação (inclui a submissão de uma cópia do mesmo)
  • Número de Identificação Fiscal (NIF)

Nesta fase os documentos só serão aceites por submissão electrónica através de um formulário próprio para o efeito. Quaisquer documentos enviados por outros processos em papel ou electronicamente serão ignorados.