Saltar navegação

News

16-07-2020

Portugal is part of Athena mission of ESA

(Only Available in Portuguese)

A investigação e a tecnologia portuguesa vão estar presentes na missão Athena, uma das grandes missões da Agência Espacial Europeia (ESA), através do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) e da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (Ciências ULisboa).

Athena

O IA ganhou o contrato da ESA para o desenvolvimento de um sistema ótico de precisão para o futuro observatório espacial das altas energias. Durante dois anos o IA vai liderar um consórcio com três indústrias ligadas ao sector aeroespacial, duas delas portuguesas: a FHP, que irá desenvolver a componente mecânica do sistema; e a Evoleo, que tem a seu cargo os subsistemas eletrónicos. O IA é responsável pelo desenho e desenvolvimento do sistema de medida, conceção da componente ótica e execução dos testes.

Este consórcio é um dos que integra a missão Athena (Advanced Telescope for High-Energy Astrophysics), que faz parte do programa de longo prazo Cosmic Vision da ESA. O telescópio Athena, com lançamento previsto para 2031, permitirá conhecer a forma como os buracos negros com a massa de milhões de sóis determinaram a formação das primeiras galáxias e a evolução de galáxias como a nossa, ou ajudar a compreender como é que essas galáxias se organizaram em estruturas com a extensão de centenas de milhões de anos-luz e que são o “esqueleto” do Universo.

Mais detalhes sobre este projeto na página do IA.

Créditos da imagem: IRAP, CNES, ESA & ACO (imagem do telescópio) ; NASA/CXC/Univ of Missouri/M.Brodwin et al; NASA/STScI; JPL/CalTech (imagem de fundo)

News archive ›