Saltar navegação

News

01-09-2020

StayAway Covid já está disponível

(Only Available in Portuguese)

StayAway Covid é o nome da aplicação desenvolvida em Portugal para smartphones, já disponível para ser descarregada nas lojas da App Store e da Google Play, e que tem como objetivo auxiliar o país no rastreio da COVID-19. Esta aplicação foi desenvolvida pelo INESC TEC e pelo ISPUP, com o apoio das empresas Keyruptive e Ubirider, e consiste num projeto financiando pela FCT, através da iniciativa INCoDe, e acompanhado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Ministério da Economia e Transição Digital e Ministério da Saúde.

App Stayaway Covid

A aplicação, disponível em português e inglês, permite de uma forma simples e segura que cada um de nós seja informado sobre possíveis exposições de risco à doença, através da monitorização de contactos recentes. A aplicação é de utilização voluntária e gratuita e funciona sem ter qualquer tipo de acesso à identidade ou dados pessoais do utilizador, garantindo sempre o seu anonimato.

Assim que o utilizador instala a aplicação o telemóvel anuncia a sua presença a todos os dispositivos próximos, usando identificadores aleatórios que não revelam identidades pessoais. A informação partilhada entre dispositivos permite à StayAway Covid identificar que telemóveis estiveram perto, quão perto e por quanto tempo, permitindo uma avaliação do grau exposição dos utilizadores ao vírus SARS-CoV-2 (novo coronavírus), que poderá ser de “Ausência de registo de elevado risco de contágio” ou de “Alerta de elevado risco de contágio”. A Organização Mundial de Saúde (OMS) sugere que contactos a menos de 2 metros e por mais de 15 minutos, com alguém portador de COVID-19, sejam considerados com elevado risco de contágio.

No caso do utilizador ter contraído o COVID-19, quando recebe o diagnóstico recebe também um código numérico para inserir na aplicação, que anonimamente comunica esse dado ao sistema e permite à aplicação StayAway Covid alertar imediatamente e de forma segura todos utilizadores que possam ter estados expostos, mesmo antes de terem tido qualquer sintoma. Não é nunca revelada a ninguém a identidade de ninguém.

Desde o dia 28 de agosto, data em que foi disponibilizada, que a aplicação StayAway Covid já foi descarregada cerca de 100 mil vezes.

News archive ›