Saltar navegação

Notícias

15-06-2018

Portugal será sede de Infraestrutura de Investigação Europeia

Pela primeira vez, Portugal vai receber uma Sede de um Consórcio Europeu de Infraestrutura de Investigação (ERIC - European Research Infrastructure Consortium) em Microbiologia. A candidatura ibérica foi preparada pelo Prof. Nelson Lima, da Micoteca da Universidade do Minho - Centro de Engenharia Biológica e pela Prof.ª Rosa Aznar, da Universidade de Valência (Espanha), contando com o apoio institucional da FCT (Fundação para a Ciência e a Tecnologia), do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, e do Secretário de Estado da Investigação e Inovação, do Ministério Espanhol de Economia, Indústria e Competitividade (MINECO).

MIRRI

O MIRRI (Microbial Resource Research Infrastructure) é uma infraestrutura europeia que está em processo para se tornar numa ERIC, passando a ser uma entidade legal independente. A sua Unidade de Coordenação ficará na Universidade do Minho e os serviços de informática serão operados na Universidade de Valência.

Esta nova  entidade visa facilitar o acesso a uma grande quantidade e variedade de dados  e recursos microbiológicos europeus. O MIRRI irá promover o acesso a peritos nesta área e à plataforma colaborativa MIRRI, com o intuito de fomentar a investigação e o desenvolvimento no campo da biotecnologia e de encontrar soluções para os desafios societais. Desta forma procura-se igualmente potenciar a interação entre a academia e a bioindústria.

A presença do MIRRI-ERIC em território luso vai contribuir também para uma maior visibilidade do trabalho desenvolvido pela comunidade científica e pelo setor empresarial na área da microbiologia, bem como de todos os parceiros nacionais envolvidos na nova infraestrutura.

Mais informações em www.mirri.org

Arquivo de notícias ›