Saltar navegação

Notícias

24-09-2018

Programa Internacional do Atlântico de Lançamento de Satélites

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e a Estrutura da Missão dos Açores para o Espaço (EMA-Space) lançaram um convite internacional a entidades qualificadas em todo o mundo para manifestarem o seu interesse em colaborar com empresas portuguesas e centros de investigação e engenharia para conceber, instalar e operar um porto espacial na Ilha de Santa Maria, nos Açores, em associação com o desenvolvimento e operação de uma nova geração de serviços de lançamento de satélites para o espaço.  Esta incitativa é lançada com o apoio técnico da Agencia Espacial Europeia, ESA.

A iniciativa será apresentada num “Breaking News Event” no dia 2 de outubro, 11 horas, durante o Congresso Internacional de Astronáutica, IAC 2018 em Bremen, www.iac2018.org. O concurso irá receber manifestações de interesse ate ao final de outubro de 2018.

O potencial desenvolvimento de um porto espacial no Atlântico visa estimular uma nova geração de atividades espaciais com base em pequenos satélites. Tem por objetivo ampliar as instalações existentes na Ilha de Santa Maria de monitoramento e rastreamento de satélites e abrir uma nova geração de serviços de lançadores e atividades espaciais baseadas em pequenos satélites para o benefício da sociedade em geral. Considera a localização única dos Açores no Atlântico e a sua centralidade em relação à Europa, Américas e África, tendo por objetivo iniciar novos lançamentos a partir de 2021. 

Esta iniciativa visa ainda estimular uma nova resposta à crescente procura da utilização de pequenos satélites para fins diversificados e incluindo telecomunicações e formas de internet baseada no espaço, mas também aplicações de observação da Terra, incluindo agricultura e pescas, monitoramento de infraestruturas, desenvolvimento urbano e segurança, entre outros – um mercado que tem sido orçamentado por várias fontes internacionais em vários bilhões de euros na próxima década. Esta iniciativa tem ainda como objetivo estimular a criação de emprego qualificado e novos projetos empresariais de maior valor acrescentado em associação com as “Novas Indústrias do Espaço”, juntamente com a necessidade de acelerar iniciativas de segurança e proteção envolvendo o uso de micro, mini e pequenos satélites.

O Programa Internacional do Atlântico de Lançamento de Satélites é lançado com base num processo a 3 fases, que agora se inicia com a auscultação do mercado internacional e de uma forma a atrair investimento direto estrangeiro para apoiar a dinamização do sector espacial em Portugal. Este processo será concretizado com base numa Comissão Internacional de Alto Nível, com peritos nacionais e estrangeiros, coordenada por Jean Jacques Dordain, antigo diretor-geral da ESA, e incluindo, entre outros, Dava Newman (co-directora do Programa MIT-Portugal e antiga administradora adjunta da NASA) e Brian Tapley (fundador do Centro de Estudos Espaciais da Universidade do Texas em Austin).

Arquivo de notícias ›