Saltar navegação

Notícias

21-11-2018

FCT atribui 963 bolsas de Doutoramento no Concurso Individual de 2018

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia divulgou os resultados finais do Concurso para a Atribuição de Bolsas de Doutoramento 2018. Foram atribuídas 963 bolsas de doutoramento distribuídas por mais de 50 instituições conferentes de grau, correspondendo a uma taxa de sucesso de 38% do total de candidatos. Em 2018, a FCT atribui mais de 1530 bolsas de doutoramento, entre este concurso e os programas de doutoramento – um valor cerca de 14% superior ao de 2017.

A FCT irá agora contratualizar as bolsas, e os primeiros pagamentos serão iniciados em dezembro. Os bolseiros irão participar em Programas de Doutoramento em Universidades portuguesas ou estrangeiras, com data de início entre 1 de setembro de 2018 e 31 de agosto de 2019. Os estudantes que já tiverem iniciado o seu plano de trabalhos receberão as respetivas bolsas com pagamentos retroativos.

As candidaturas foram analisadas por 36 painéis científicos, com três critérios de avaliação: i) o mérito absoluto do candidato: ii) o mérito do plano de trabalho; e iii) o mérito das condições de acolhimento. A análise dos resultados agora divulgados mostra que:

·         78% das bolsas atribuídas referem-se a planos de trabalho integralmente realizados em Portugal;

·         18% referem-se a bolsas mistas, com planos de trabalho a realizar parcialmente no estrangeiro; e

·         4% referem-se a planos de trabalho integralmente realizados no estrangeiro.

A distribuição dos candidatos por género corresponde a 56% de mulheres e 44% de homens. Dos candidatos selecionados, 91% têm nacionalidade portuguesa. Foram atribuídas bolsas a candidatos de 22 países, incluindo Portugal. Entre os estrangeiros, o maior número é de candidatos brasileiros, seguidos por italianos e espanhóis.

O próximo Concurso para a Atribuição de Bolsas de Doutoramento será anunciado no final de 2018. Tal como nos últimos dois concursos, o período de candidatura irá decorrer durante o primeiro trimestre de 2019, de forma a que os resultados estejam disponíveis até ao verão de 2019.

Veja mais informações no anexo.

Arquivo de notícias ›