Saltar navegação

Notícias

29-04-2020

3797 Candidatos ao Concurso de Bolsas de Doutoramento FCT

Este ano, o Concurso de Bolsas de Investigação para Doutoramento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) recebeu um total de 3797 candidaturas, o que representa um aumento de 400 candidaturas relativamente ao ano passado.

Do total de candidaturas, 83% correspondem a bolsas em Portugal, 14% a bolsas mistas a desenvolver em instituições de acolhimento nacionais e estrangeiras e 3% são bolsas no estrangeiro.

Os candidatos estrangeiros representam 28% das candidaturas e são provenientes de 78 países. Os países com mais candidatos a concurso são Brasil (512), Itália (100), Irão (78), Espanha (37), Moçambique (27) e Índia (26).

Por género, os candidatos dividem-se em 57% mulheres e 43% homens.

A distribuição dos candidatos por grandes áreas científicas são: Ciências da Engenharia e da Tecnologia 23,5% do total), Ciências Sociais 22,4%, as Humanidades 16,9%, Ciências Naturais 12,5%, Ciências Exatas 7,1% e Ciências Agrárias 4,7%. (ver Tabela 1)

As candidaturas serão avaliadas por 36 Painéis de Avaliação. Os painéis com maior número de candidaturas são: Medicina Clínica e Ciências da Saúde (229), Bioengenharia e Biotecnologia (187) e Biomedicina (174).

As Bolsas de Investigação para Doutoramento da FCT são subsídios atribuídos competitivamente para apoiar a formação avançada em todas as áreas do conhecimento para a obtenção do grau académico de Doutor. Estas bolsas permitem que os estudantes de doutoramento se dediquem em exclusivo à sua investigação, deste modo contribuindo para o desenvolvimento científico e tecnológico do país. A FCT apoia atualmente cerca de 5 mil bolsas de doutoramento e no concurso deste ano serão atribuídas mais 1350 novas bolsas.

hackathon

Arquivo de notícias ›