Saltar navegação

Notícias

22-07-2020

Resultados da 3.ª edição do Concurso de Projetos para Prevenção e Combate de Incêndios Florestais

A FCT divulgou os resultados da 3.ª edição do Concurso para Projetos de Investigação Científica e Desenvolvimento Tecnológico no âmbito da Prevenção e Combate de Incêndios Florestais, lançado em dezembro de 2019 e que cuja avaliação foi concluída com a seleção de 19 projetos para financiamento, dentro de 81 candidaturas avaliadas. Os projetos a financiar correspondem a um investimento total de 5 milhões de euros.

florestaA

Estes projetos têm como objetivo promover a investigação científica e a inovação, permitindo a produção de novos conhecimentos e fortalecendo as competências técnicas, em diferentes áreas importantes para a prevenção e o combate de fogos rurais, numa perspetiva multidisciplinar, e incorporando uma componente de divulgação e de aplicação dos resultados que venham a ser obtidos.

Os 19 projetos selecionados distribuem-se pelas seguintes áreas de investigação:

- Atitudes e comportamentos face à prevenção e combate de incêndios e gestão do território - 3 projetos;

- Governação dos recursos florestais - 3 projetos;

- Gestão e valorização da biomassa nos espaços rurais - 4 projetos;

- Modelos de organização e gestão das áreas florestais - 1 projeto;

- Modelos de ordenamento e silvicultura preventiva - 2 projetos;

- Meteorologia, previsão e gestão do risco - 3 projetos;

- Restauro pós-fogo e gestão florestal - 1 projeto;

- Saúde e segurança ocupacional dos técnicos de combate - 2 projetos.

Com este concurso conclui-se a 3ª edição do financiamento de projetos orientado para a prevenção e combate de incêndios florestais promovido pela FCT e com uma dotação orçamental total de 15 milhões de euros. Este programa insere-se no conjunto de medidas estruturais, organizacionais e operacionais para melhorar a prevenção e o combate aos fogos rurais, estabelecidas na Resolução do Conselho de Ministros n.º 159/2017, de 30 de outubro, decorrente da análise da Comissão Técnica Independente (CTI), composta por especialistas nacionais e estrangeiros, que analisou os incêndios ocorridos em 2017, nos quais se registaram uma perda dramática de vidas humanas e uma destruição elevada de bens materiais e ambientais.

Nas duas primeiras edições do concurso, realizadas em 2017 e 2018, foram aprovados 37 projetos de investigação, em várias áreas científicas, num montante global de 10 milhões de euros. Estes primeiros projetos foram apresentados no encontro “Incêndios Rurais: Melhor gestão baseada em evidência científica”, realizado em novembro do ano passado, numa organização conjunta entre a FCT, o ForestWISE – Laboratório Colaborativo para Gestão Integrada da Floresta e do Fogo e a Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF). Os títulos, investigador responsável, entidades participantes e resumos dos projetos estão reunidos numa brochura produzida pela FCT.

Mais informações na página do concurso

Arquivo de notícias ›