Saltar navegação

Notícias

14-10-2020

FCT anfitriã do 12.º Encontro do Research Policy Group

A FCT acolheu hoje, 14 de outubro, o 12.º Encontro do Research Policy Group (RPG), um encontro informal semestral de altos dirigentes europeus responsáveis pela área da investigação, que foi subordinado ao tema The Future of Research Careers in the European Research Area. A discussão centrou-se no futuro do Espaço Europeu da Investigação (European Research Area - ERA), na sequência da recente comunicação A new ERA for Research and Innovation pela Comissão Europeia, com um foco na dimensão europeia das carreiras de investigação e na mobilidade dos investigadores e circulação de talentos.

Os temas abordados nesta reunião são prioritários para a Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), no primeiro semestre de 2021, sendo que as conclusões desta reunião deverão contribuir para a reunião interministerial sobre o Espaço Europeu de Investigação, que terá lugar no próximo dia 20 de outubro, sob a égide da Presidência Alemã do Conselho da União Europeia.

A reunião, presidida por Helena Pereira, Presidente da FCT, e pelos Co-Chairs do ERAC, Jean-Eric Paquet e Fulvio Esposito, juntou Diretores da Comissão Europeia, altos funcionários dos Estados-Membros europeus e países associados responsáveis pela Investigação, e ainda membros convidados da comunidade científica. As três sessões da reunião focaram-se no debate das carreiras de investigação como a base do ERA, nos desafios e oportunidades para uma promoção justa da brain circulation e mobilidade intersectorial e career paths.

A Presidente da FCT congratula-se com o resultado das discussões, que reforçaram a convergência de ideias e a motivação sobre estas matérias, afirmando que “os investigadores são um pilar para o desenvolvimento  científico e esta é uma oportunidade única de dar os passos necessários para que os investigadores possam ter uma carreira europeia e exercê-la livremente através de fronteiras e diferentes sistemas”, e acrescentado que “o papel das agências de financiamento é essencial neste desafio e programas tais como o Estímulo ao Emprego Científico desenvolvido em Portugal são uma peça chave para o reforço do sistema científico e tecnológico”.

A reunião foi encerrada pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, que frisou que a Presidência Portuguesa do Conselho da UE procurará reforçar as relações ciência/emprego/resiliência, promovendo novas fronteiras para a ciência europeia, através da I&I colaborativa aberta, e de “investigadores para a Europa”.

Consulte o Programa do Encontro.

Arquivo de notícias ›