Saltar navegação

Notícias

19-10-2022

Investigadora portuguesa co-lidera a expedição Paleoceanografia da Margem Ibérica

Fátima Abrantes, investigadora do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e colaboradora no Centro de Ciência do Mar (CCMAR), é co-chief na expedição Paleoceanografia da Margem Ibérica (EXP397), realizada a bordo do navio americano JOIDES Resolution, que esteve ancorado na doca de alcântara.

A investigadora foi recentemente distinguida com o Ambassador Award – Union Award, pela American Geophysical Union’s (AGU) e co-lidera esta expedição com David Hodell, investigador da Universidade de Cambridge, no Reino Unido.

noticia_navio

Esta expedição partiu no passado domingo (16 de outubro) de Lisboa e conta com a participação de 26 investigadores de dez países - China, Japão, Austrália, Índia, USA, Alemanha, Espanha, França, Portugal e Reino Unido - e técnicos do International Ocean Discovery Program (IODP). Portugal encontra-se representado pela FCT no consórcio europeu ECORD, possibilitando a participação de investigadores afiliados em instituições de investigação portuguesas nas expedições internacionais do IODP.

Esta expedição “Paleoceanografia da Margem Ibérica” (EXP397), que decorrerá até dezembro de 2022, a bordo do navio de perfuração JOIDES Resolution, plataforma flexível e multifuncional que permite obter amostras do mar profundo, disponível à comunidade científica internacional envolvida no programa IODP, tem como missão reconstruir o clima dos últimos 3 milhões de anos, focando particularmente os períodos mais quentes e com níveis atmosféricos de CO2 similares aos valores esperados para 2030.

Arquivo de notícias ›