Saltar para o conteúdo principal

Gender Research 4 COVID 19

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), em articulação com a Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade, e com o apoio da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), atribuiu um apoio especial, “Gender Research 4 COVID 19”, a projetos e iniciativas que permitam a produção e difusão de conhecimento sobre os impactos de género da pandemia provocada pela COVID-19 e da divulgação dos planos de contingência e medidas adotadas para a conter e resolver.

Cada momento histórico de crise, seja ambiental, sanitária ou económico-financeira, e cada regime de relações sociais de género, impõem exigências específicas a mulheres e a homens. Nenhuma crise é neutra sob o ponto de vista de género, acarretando impactos diferenciados durante e após o tempo da sua ocorrência. Impõe-se, por isso, conhecer as exigências com que se confrontam mulheres e homens pelas configurações contextualizadas dos regimes de género e pelas exigências e modos de reação à crise. Uma das dimensões fundamentais a ter em conta é a divisão da esfera pública e privada, da produção e da reprodução entre mulheres e homens, e esta é uma crise que coloca o cuidado no centro das preocupações sanitárias, políticas, económicas e financeiras. As mulheres estão na linha da frente da resposta à pandemia, enquanto profissionais de saúde, de apoio social, de limpeza, como cientistas e investigadoras e como mobilizadoras; também enquanto mães trabalhadoras são particularmente atingidas pelas exigências de conciliação com o cuidado e apoio às crianças cujas escolas e creches encerraram. Outro nível de impacto da crise pandémica será na economia e no funcionamento do mercado de trabalho, esperando-se efeitos diferenciados sobre as mulheres ao nível do emprego, desemprego e condições de trabalho, e agudizados pela forte segregação sexual de profissões e setores de atividade. Finalmente, os tempos de crise estão geralmente associados ao aumento da violência contra as mulheres e a violência doméstica, estando o risco acrescido de violência muito associado à situação de incerteza e de confinamento em que as famílias se encontram e a dificuldades no acesso a redes formais e informais de ajuda.

Os estudos produzidos no quadro deste apoio devem contribuir para a produção de conhecimento sobre estes diferentes impactos, os constrangimentos colocados pelas relações sociais de género na reação individual, familiar, económica e sanitária à pandemia, e respetivos efeitos futuros, e para a apresentação de instrumentos de resposta e intervenção.

Resultados

A FCT editou uma brochura de apresentação dos 16 projetos selecionados no âmbito do apoio especial a projetos de I&D “Gender Research 4 COVID 19”, que está disponível em formato digital.

Realizou-se um workshop online nos dias 23 e 24 de março de 2021. As sessões do workshop online “Gender REsearch 4 COVID-19” estão disponíveis para ver aqui.

Destaques
  • 16

    projetos

  • 0,5 M€

    Investimento

Perguntas frequentes sobre legislação e regulamentos
  • Estado

    Terminado

  • Contactos

  • Áreas de atuação

    Ciências da engenharia e tecnologias
    Ciências exactas
    Ciências médicas e da saúde
    Ciências Sociais
    Humanidades
  • Partilhar