Skip nav

Cooperação Internacional

JTI - Iniciativas Tecnológicas Conjuntas

As Iniciativas Tecnológicas Conjuntas (do inglês, JTI) são parcerias público-privadas criadas pela Comissão Europeia ao abrigo do Artº 187º do Tratado do Funcionamento da União Europeia. As JTI contam com uma estrutura administrativa dedicada (as Joint Undertaking), e incluem a participação direta de associações industriais na definição das áreas e objetivos dos concursos de financiamento de projetos colaborativos europeus, em áreas relevantes para a competitividade e o desenvolvimento industrial europeu. Algumas JTI incluem ainda o financiamento dos Estados-Membro, que nesses casos são também diretamente envolvidos na estrutura de decisão.

JTI com a participação da FCT

A maioria das JTI atualmente em curso são uma parceria direta entre a Comissão Europeia e as plataformas industriais relevantes. No entanto, em alguns casos existe também a participação direta dos Estados-Membro, reforçando assim o financiamento público a esse sector industrial.

A FCT assegura a participação nacional em duas dessas JTI, a ECSEL, dedicada à área de componentes e sistemas eletrónicos, e a EuroHPC, dedicada à computação de alto desempenho.


ECSEL - Componentes e sistemas eletrónicos para uma liderança Europeia

A ECSEL foi criada em 2014, no início do Horizonte 2020, e resulta da fusão de duas JTI anteriores, a ENIAC e a ARTEMIS. Mais informação sobre a participação nacional na ECSEL pode ser encontrada aqui.


EuroHPC – Computação de Alto Desempenho Europeia

A EuroHPC foi criada em 2019, e pretende apoiar a implementação de vários supercomputadores na Europa, e fomentar o desenvolvimento de tecnologias com a Computação de Alto Desempenho. Mais informação sobre a participação nacional na EuroHPC pode ser encontrada aqui.